Conteúdos ConsulPaz

Como as Metodologias Híbridas de Gestão e Inovação podem ajudar a alavancar a Economia a os Negócios    

Para falar sobre este tema, é importante, de forma breve, relembrar um pouco de algumas das definições de Inovação e de Gestão Integrada.   

Inovação, de forma simplista, é tudo aquilo que transforma uma situação, um produto ou um serviço, para atender a uma necessidade demandada por alguém. Se desejarmos explorar um pouco mais este conceito, podemos citar Clayton Christensen, professor da Harvard Business School, que em seu livro Dilemas da Inovação1, define inovação como 

Uma mudança no processo pelo qual uma organização transforma trabalho, capital, materiais ou informações em produtos e serviços de maior valor. Essa definição nos ajuda a entender que, do ponto de vista do desenvolvimento econômico, existem basicamente três tipos de inovação: criadora de mercado, sustentada e eficiente. (CHRISTENSEN, 2020)

CHRISTENSEN, Clayton O Dilema da Inovação. M. Books; 1ª edição. 2020

Já a Gestão integrada, nada mais é do que a integração de diversos sistemas e métodos de gestão com o objetivo de implementar políticas e atingir objetivos de forma mais eficaz e que busca benefícios como:  

  • Satisfação dos clientes, funcionários, fornecedores e investidores;  
  • Criação e manutenção de padrões de qualidade;  
  • Melhoria da qualidade dos produtos e serviços;
  • Economia de tempo e custos;
  • Fortalecimento da imagem da empresa;
  • Prevenção de falhas etc.;
  • Mitigar riscos;
  • Melhorar processos.

Ainda em Gestão Integrada, trazemos mais um elemento que, em nossa experiência, é uma das premissas de sucesso, uma excelente Gestão por Processos implantada, que pode ser definida como: “… uma abordagem disciplinar para identificar, desenhar, executar, documentar, medir, monitorar, controlar e melhorar processos de negócio, …, para alcançar resultados consistentes e alinhados com os objetivos estratégicos da organização”. Este conceito é amparado por outras disciplinas como gerenciamento da rotina, gerenciamento pelas diretrizes, OKR e outras, que permitirão alcançar os objetivos da Gestão Integrada. Daí a importância de pensar e otimizar os processos, para poder medir e comparar de forma adequada e simples e ainda assegurar que o desdobramento das metas e objetivos estratégicos sejam disseminados dentro das empresas.  

Mas não é suficiente relembrarmos estas definições, todas sem exceção, assim como quase tudo, nos últimos talvez 10 anos, estão sendo transformadas de forma acelerada e intensiva graças à Transformação Digital, que também, resumidamente, pode ser definida como o meio pelo qual as empresas estão saindo do analógico para o digital, a forma como as empresas e as pessoas estão utilizando uma infinidade de recursos tecnológicos, sendo que alguns dos mais conhecidos e já utilizados são:   

  • Inteligência artificial [IA];   
  • Machine learning;   
  • Internet das coisas [IOT];   
  • Automação de processos [dentre eles RPA, por exemplo]. 

Com todos estes recursos e soluções disponíveis, começamos a identificar alguns dos conceitos que vem sendo praticados pelo mercado, como por exemplo: jornada de compra do consumidor; customer success, estratégia omnichannel; experiência do usuário; marketing de conteúdo e automação de marketing, e que somente são aplicáveis devido à Inovação, Gestão Integrada e Transformação Digital. 

Portanto, com este alinhamento dos conceitos, passo a tentar responder à questão deste artigo, ou seja, como estes elementos podem ajudar a economia e os negócios e abaixo listo alguns dos motivos pelos quais eles devem ser praticados. 

  1. O Alinhamento das práticas de Gestão e Inovação são essenciais para qualquer organização que queira sobreviver na Nova Economia, pois equilibrar esses dois mundos passa ser o grande desafio, seja para Startups ou mesmo Grandes Organizações de porte global. A necessidade de se adaptar e promover transformações ágeis por meio das inovações é uma realidade, porém, logo em seguida, essas novas práticas precisam ser implantadas e gerenciadas de modo eficaz, para que assim não se percam no tempo.  
  2. A aplicação e equilíbrio destes conceitos aumentam a competitividade das empresas, permitem que elas evoluam muito mais rapidamente e sem nenhuma dúvida aumentam a sustentabilidade das organizações, pois também, de forma simplificada, possibilitam com que, de forma ágil e integrada, devido à inovação e à tecnologia, as empresas entendam as novas demandas e necessidades de mercado, adequem e/ou criem produtos, serviços e/ou soluções e entreguem valor aos seus clientes;  
  3. São conceitos aplicáveis em todos os setores (governo, privado e terceiro setor) da economia e negócios;  
  4. Como não existe uma estabilidade permanente de cenários e condições (políticas, econômicas, sociais, …), há necessidade de ferramentas e de modelos que, rapidamente, de forma robusta e integrada, respondam às variações e às rápidas mudanças apresentadas, neste contexto, ter a Inovação, a Gestão Integrada e a Transformação Digital presentes na cultura empresarial, são condições básicas e mínimas para sobrevivência das empresas. 

Mas estes são apenas alguns dos motivos pelos quais a Inovação e a Gestão Integrada ajudam a economia e os negócios, cada segmento do mercado ou tipo de serviço (governo, privado ou terceiro setor) deve avaliar suas características e adaptar estes conceitos para atenderem as suas necessidades.  

Outro ponto que destaco, é o cuidado que se deve ter com a simplificação generalizada e a utilização de soluções, sem levar em consideração os pontos abordados acima, os conceitos citados possuem vasta literatura e que devem, no mínimo, ser levados em consideração antes de embarcar em qualquer tipo de “inovação” ou “transformação digital”.    

É de bom senso utilizar e aplicar as novas metodologias ágeis e as ferramentas e/ou soluções disponíveis no mercado, porém considerar as características do negócio e da cultura, entender como os processos entregam seus produtos e soluções, considerar os diferenciais competitivos, as dores e necessidades de seu mercado e cliente, será fundamental para o êxito da aplicação destes conceitos e ferramentas.  

Viva a transformação digital e os benefícios que ela oferece, salve a inovação que nos permite evoluir e manter-nos competitivos, use e abuse da gestão integrada e dos processos bem definidos, pois são excelentes conselheiros para tomadas de decisões baseadas em fatos e dados robustos, que irão possibilitar a condução do presente e a construção do futuro.  


Posts Relacionados