Maternidade – Nasce uma mãe, nasce uma líder

De acordo com uma pesquisa realizada em 2016 pela FGV, quase metade das mulheres, ou seja, 48%, deixam seus empregos após 12 meses de licença maternidade. Embora as empresas no Brasil estejam começando a perceber a importância da parentalidade e da equidade de gênero na gestão e cultura corporativa, ainda há muito a ser feito nesse sentido.

Para discutir o assunto mais profundamente, a ConsulPaz conversou com Luciana Cattony, cofundadora da Consultoria Maternidade nas Empresas e TEDx Speaker. Além disso, Luciana é professora do primeiro MBA de Diversidade do Brasil, mãe do Henrique e idealizadora do projeto Real Maternidade. O projeto já possui mais de 200 mil seguidores nas redes sociais.

A conversa abordou a necessidade de se criar políticas e práticas mais inclusivas e acolhedoras para as mães no ambiente de trabalho. Além disso, também foram discutidas ações que as empresas podem adotar para promover a equidade de gênero e apoiar a paternidade responsável. Acredita-se que iniciativas nesse sentido contribuem não só para a retenção de talentos, mas também para a criação de um ambiente de trabalho mais justo e humano.

Confira a entrevista na plataforma de sua preferência:

Ouça nosso podcast:

Leia na revista:

Assista no Youtube:


Posts Relacionados